Introduzindo a música na Sala de Aula

Música em todas as escolas


Conheça a lei que determina a obrigatoriedade do ensino de Música em todas as escolas do país até 2011

Texto
Cynthia Costa e Juliana Bernardino in http://educarparacrescer.abril.com.br/politica-publica/musica-escolas-432857.shtml

Segundo Sonia Regina Albano de Lima, diretora regional da Associação Brasileira de Ensino Musical, a música contribui para a formação integral do indivíduo

Escolas públicas e privadas de todo o Brasil têm até 2011 para incluir o ensino de Música em sua grade curricular. A exigência surgiu com a lei nº 11.769, sancionada em 18 de agosto de 2008, que determina que a música deverá ser conteúdo obrigatório em toda a Educação Básica. “O objetivo não é formar músicos, mas desenvolver a criatividade, a sensibilidade e a integração dos alunos”, diz Clélia Craveiro, presidente da Câmara de Educação Básica do CNE (Conselho Nacional de Educação).

A música não será necessariamente uma disciplina exclusiva. Ela integrará o Ensino de Arte, como explica Clélia Craveiro: “Antigamente, Música era uma disciplina. Hoje não. Ela é apenas uma das linguagens da disciplina chamada Artes, que pode englobar ainda Artes Plásticas e Cênicas. Trabalharemos com uma equipe multidisciplinar e, nela, teremos um professor de Música. E cada escola terá autonomia para decidir como incluir esse conteúdo de acordo com seu projeto político-pedagógico”.

Entenda outros detalhes sobre essa lei para que você possa compreender a aplicação dela na escola do seu filho.

1. Todas as séries da Educação Básica terão aulas de Música?

A lei diz que o Ensino de Música será obrigatório na Educação Básica (que engloba Educação Infantil e o Ensino Fundamental), mas não especifica se todas as séries terão a Música incluída em sua grade curricular. “Isso será definido até 2011 com os sistemas de ensino estaduais e municipais, assim como a quantidade de aulas por semana”, diz Clélia Craveiro.

2. Quais os objetivos do Ensino de Música?

“A música contribui para a formação integral do indivíduo, reverencia os valores culturais, difunde o senso estético, promove a sociabilidade e a expressividade, introduz o sentido de parceria e cooperação, e auxilia o desenvolvimento motor, pois trabalha com a sincronia de movimentos”, explica Sonia Regina Albano de Lima, diretora regional da Associação Brasileira de Ensino Musical, (ABEM) e diretora dos cursos de graduação e pós-graduação lato sensu em Música e Educação Musical da FMCG (Faculdade de Música Carlos Gomes). O trabalho com música desenvolve as habilidades físico-cinestésica, espacial, lógico-matemática, verbal e musical. “Ao entrar em contato com a música, zonas importantes do corpo físico e psíquico são acionadas – os sentidos, as emoções e a própria mente. Por meio da música, a criança expressa emoções que não consegue expressar com palavras”, completa.

3. O que será ensinado às crianças?

Se o Ensino de Música não será como antigamente, quando se aprendia as notas musicais e canto orfeônico, o que as crianças irão aprender nas aulas?

O MEC recomenda que, além das noções básicas de música, dos cantos cívicos nacionais e dos sons de instrumentos de orquestra, os alunos aprendam cantos, ritmos, danças e sons de instrumentos regionais e folclóricos para, assim, conhecer a diversidade cultural do Brasil.

Segundo Clélia Craveiro, a lei não especifica conteúdos, portanto as escolas terão autonomia para decidir o que será trabalhado. “É muito complicado impor um conteúdo programático obrigatório para as aulas de Música, quando a LDB (Lei de Diretrizes e Bases) nº 9294/96 privilegia a flexibilidade do ensino”, diz Sonia Albano, para quem o mais importante seria trabalhar a coordenação motora, o senso rítmico e melódico, o pulso interno, a voz, o movimento corporal, a percepção, a notação musical sob bases sensibilizadoras, além de um repertório que atinja os universos erudito, folclórico e popular.

4. Quem ministrará as aulas de Música?

Segundo Clélia Craveiro, do Conselho Nacional de Educação, as aulas serão ministradas por professores especialistas em Música, ou seja, que tenham licenciatura. A formação em Música é defendida por profissionais da área, que a julgam imprescindível. “Se um professor de Língua Estrangeira não pode lecionar Matemática, um Ensino Musical de qualidade não pode ser ministrado por um professor que não tenha conhecimento na área musical. Trabalhar com um profissional não habilitado propicia um ensino superficial e perigoso, pois o professor não terá condições de avaliar os prejuízos que poderá provocar ao indivíduo e nem terá capacidade para aplicar esse conhecimento de maneira eficaz”, alerta Sonia Albano. Lisiane Bassi, coordenadora do programa de Educação Musical de Franca, cidade do interior de São Paulo que é referência no Ensino Musical, concorda. “O professor de sala pode e deve usar a música em suas aulas, mas não tem condição de dar aula de Música”, diz.

5. Como as escolas devem se preparar?

As escolas terão até agosto de 2011 para se adaptar à nova lei, ou seja, para incluir o ensino de Música em sua grade curricular, comprar materiais (instrumentos musicais, CDs etc.) e verificar se possuem professores capazes de ministrar as aulas de Música, pois nem todos possuem docentes de todas as áreas. Se não tiverem, deverão contratá-los.

Quanto aos materiais, a coordenadora musical Lisiane Bassi acredita ser possível realizar Educação Musical sem grandes investimentos. “Hoje, felizmente, temos o apoio da prefeitura de Franca e dispomos de bons instrumentos musicais, mas começamos com instrumentos feitos pelos próprios alunos com sucata. Podemos fazer música com um lápis e uma borracha e até com o corpo. A musicalidade está dentro da pessoa”, ela diz.

6. Contratar profissionais capacitados ou capacitar?

Para Lisiane Bassi, para encarar uma sala de aula e ministrar um Ensino Musical de qualidade não basta ser músico, é preciso ter didática, e para isso servem os cursos de capacitação. “Há muitos profissionais formados em Música, mas que não têm didática. E, geralmente, eles saem da faculdade com formação específica em apenas um instrumento e com o objetivo de serem professores particulares de música, ou seja, terem apenas um aluno por vez”, diz Lisiane Bassi.

7. Como formar o profissional de pedagogia para o ensino de música?

Apesar de o Ensino Musical exigir um professor especialista (técnico ou licenciado em Música), Sonia Albano e Lisiane Bassi acreditam que seria de grande valia que as faculdades de Pedagogia contemplassem a disciplina Música, ensinando, por exemplo, como usar a música em sala de aula, além de explicar o que é a Educação Musical e como ela pode ser parceira no ensino-aprendizagem, pois segundo Lisiane “há falta de conhecimento de alguns professores, que acham que aula de Música é só cantar, é brincadeira”.

8. Como estabelecer o tipo de formação musical que será oferecida aos alunos?

Segundo Clélia Craveiro, do CNE, as instituições de ensino possuem autonomia para definir o tipo de Educação Musical que irão implantar, assim como seu conteúdo, de acordo com seu projeto político-pedagógico. Para Sonia Albano, a modalidade de Ensino Musical que será adotada será o grande desafio que as escolas irão enfrentar. Será realizado um ensino musical tecnicista ou sensibilizador? Vai se priorizar a voz, a formação instrumental ou a formação estético-musical dos alunos? Segundo Sonia, estas são decisões fundamentais e que devem ser o ponto de partida para que a lei nº 11.769 seja cumprida.

9. Como a Música pode ser introduzida no dia-a-dia escolar?

Há várias formas de se trabalhar a Música na escola, por exemplo, de forma lúdica e coletiva, utilizando jogos, brincadeiras de roda e confecção de instrumentos, como sugere Sonia Albano. “Dessa forma, a música é capaz de combater a agressividade infantil e os problemas de rejeição”, justifica ela.

Nas escolas da rede municipal de Franca, onde o Projeto de Educação Musical já existe desde 1994 (ou seja, muito antes da lei nº 11.769 entrar em vigor), as crianças não só ouvem música, como a produzem, fazendo pequenos arranjos e tocando instrumentos como a flauta doce e alguns de percussão. Elas também vivenciam a música, por meio de trabalhos corporais que desenvolvem a atenção e a coordenação motora. “Não queremos formar músicos, mas desenvolver a criticidade para não aceitar tudo o que a mídia impõe, conhecer as raízes da música brasileira, despertar o gosto pela música, preservar nosso patrimônio musical e aumentar o repertório musical nacional e internacional”, conta Lisiane Bassi.

10. O que pode ser feito para que a lei seja cumprida e o Ensino Musical tenha qualidade?

Para que as aulas de Música não virem “hora do recreio”, é preciso que os pais fiquem de olho em quem irá ministrar essas aulas e se esse ensino será contínuo e com uma metodologia capaz de desenvolver a capacidade musical dos estudantes de forma gradual, sem truncamentos e interrupções. “Já nós, profissionais de música, precisamos trabalhar para instituir gradualmente um Ensino Musical de qualidade, com metas pedagógicas precisas e contínuas. Devemos cuidar para que essa nova lei tenha um destino melhor do que as outras”, propõe Sonia Albano. Ela acredita também que as associações de classe, os coordenadores pedagógicos e professores da área devam trabalhar com responsabilidade junto ao MEC e às delegacias de ensino para a implantação de um ensino musical de qualidade. Lisiane Bassi, coordenadora do Ensino de Música de Franca, que é referência nacional, dá a fórmula: “Trabalho sério, equipe preocupada em estudar e antenada no que acontece no mundo, além do incentivo da prefeitura que investe no projeto”.

Material:

Projeto:

http://blogs.abril.com.br/fonomusicoterapia/2009/06/projeto-musica-na-escola-com-apoio-fonoaudiologico.html

http://musicanaigrejasud.files.wordpress.com/2010/01/ensinando-as-criancas-a-cantar.pdf – Apostilha em PDF

http://www.cinted.ufrgs.br/ciclo9/artigos/5bElieser.pdf

http://www.musicahodie.mus.br/7_1/Musica%20Hodie7-1%20%28Pacheco%29.pdf

Livro:

Música e tecnologia - Um novo tempo, apesar dos perigos.
Autor (es):  Leo Morel

Editora:  Azougue

Descrição:

Neste livro, o músico e pesquisador Leonardo Morel faz uma análise da relação entre música e tecnologia, a partir de um ponto de vista singular, pois deseja perceber o momento como um todo, entender para onde as coisas estão caminhando. Nesta pesquisa, destaca-se o cuidado do autor em mesclar múltiplas impressões de profissionais da música que se relacionam com a tecnologia de formas tão diversas. E a entrevista como recurso, usado por Morel é, em si, a forma mais humana de entendimento de momentos históricos: é uma fotografia de um momento que abarca impressões subjetivas e vai muito além dos fatos. O que pode ser conferido na fala de artistas como Geraldo Azevedo, Leoni e Pedro Luís, que ilustram a obra.

http://maravilhas.multiply.com/reviews/item/52

http://maravilhas.multiply.com/reviews/item/60

http://maravilhas.multiply.com/reviews/item/93

http://mariamachado.blog.com/2009/08/06/musicas-catolicas-para-criancas/

Curso: http://www.4shared.com/file/g6x0kbNq/CURSO__PRTICO__DE__CANTO_-_mp3.html

Jogos musicais: http://www.4shared.com/document/a4xQKpD3/JOGOS_MUSICAIS.html

Catalogo com sugestões de CDs: http://www.sonhosesons.com.br/catalogo/ind_infantil.htm

http://brunofrancesco.com.br/dicas/como-despertar-o-interesse-musical-da-crianca/

Curso de canto download em 8 lições

Site: http://teresinagospel.com.br/curso-de-canto-em-8-licoes#comment-6474

Este mini curso tem como intuito auxiliar todas as pessoas que utilizam a voz profissionalmente;

Sejam cantores (profissionais ou amadores), professores, jornalistas, locutores, advogados, atores, vendedores, operadores de telemarketing, telefonistas ou você que gosta de cantar no banheiro, em festinhas, em videokê, enfim…

Todos aqueles que se interessar em utilizar as técnicas apresentadas aqui em prol da melhoria da sua qualidade vocal.

Informamos que este curso não dispensa as aulas de canto ou sessões de fonoaudiologia, ao contrário, é o primeiro passo para que você se conscientize do quão importante é a presença de um profissional para acompanhar seu progresso.

Também Aprenda a fazer a segunda voz com uma apostila contida neste curso.

Este material é ótimo!

Apostila de Técnica Vocal – 01.doc

http://www.4shared.com/file/38553577/b1ecbb53/Apostila_de_Tcnica_Vocal_-_01.html
Apostila De Técnica Vocal – 02.doc

http://www.4shared.com/file/38554157/190449b4/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_02.html
Apostila De Técnica Vocal – 03.doc

http://www.4shared.com/file/38554918/e3c4c099/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_03.html
Apostila De Técnica Vocal – 04.doc

http://www.4shared.com/file/38554989/45014b46/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_04.html
Apostila De Técnica Vocal – 05.doc

http://www.4shared.com/file/38555891/ebbfff67/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_05.html

Apostila De Técnica Vocal – 06.doc

http://www.4shared.com/file/38556000/51dc8aee/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_06.html
Apostila De Técnica Vocal – 07.doc

http://www.4shared.com/file/38556813/dfddbbad/Apostila_De_Tcnica_Vocal_-_08.html
Aquecimento Físico e Vocal.doc

http://www.4shared.com/file/38558064/e0349e42/Aquecimento_Fsico_e_Vocal.html
Como Fazer 2ª voz.doc

http://www.4shared.com/file/38558341/a02eb616/Como_Fazer_2_voz.html

MUSICALIDADE NA ESCOLA

Apostila onde apresenta a construção de instrumentos musicais utilizando a sucata, que poderão ser confeccionados pelas próprias crianças.
Download da apostila completa no link abaixo.

DOWNLOAD AQUI – Apostila Construindo Sons

http://www.4shared.com/file/2c3mmk0C/Construindo_Sons.html

MÚSICAS COM DOBRADURAS

Abaixo segue uma pasta com várias musicas conhecidas por nossas crianças, acompanhadas por dobraduras, para serem utilizadas em sala de aula.
Download no link abaixo.

DOWNLOAD AQUI

http://www.4shared.com/file/GAFIW7Q2/Msicas_com_Dobraduras.html

Alguns Álbuns musicais:

http://alemdogiz.blogspot.com/search/label/M%C3%BAsicas

Sugestão Bibliografia:

1 Vamos Fazer Música - Paulo Lobão

Este cd mostra a importância da música ao estimular crianças e adultos na exploração de cantos e sons corporais improvisados, ativando a veia musical natural que circula no interior de cada pessoa. Através de sonoridades criativas, melodias bem estruturadas e letras poéticas Paulo Lobão eleva a música a instrumento de equilíbrio e bem estar para o mundo como forma para se viver em paz e harmonia. Participação de Felipe Fantoni, Cid Ornellas, Rogério Delayon, João Leite, Zé Artur, Murilo Ribeiro, Ladston do Nascimento, Kátia Kouto, Cláudio Dias, Juliana Serra, Marina Lobão, Júlia Brant, Lina Cavatoni, Jade Kouto, Rafaela Pereira, Laura Machado e crianças da Escola Mun. Theomar de Castro Espíndola e Coral de Meninos cantores Mater Eclesiae de Santa Luzia.

2 Você quer cantar comigo? Vol.1 – Maria do Carmo Peret

Um CD repleto de opções para professores, cuja magia atinge não só as crianças mas também os adultos, despertando a criança em seus corações. As canções falam de poluição, chuva, arco-íris, saci-pererê, foguete e jacaré com muito humor, acompanhando a cabecinha do público infantil.

3 Você quer cantar comigo? Vol.2 – Maria do Carmo Peret
Você quer cantar comigo? Vol.2 apresenta canções que foram compostas para motivar aulas e celebrações da escola, mas eram cantadas incessantemente em casa pelas crianças. Este CD é quase uma exigência das mães dos alunos com idade entre dois até os primeiros anos do ensino fundamenta. Entre as músicas que se destacam neste Vol. 2 está Tsuru – A Canção da Paz, uma campeã de sucesso que foi apresentada no Congresso Mundial da Paz, em Florianópolis/SC. Nas outras canções a compositora explorou os temas pertinentes à educação musical, tendo em vista a obrigatoriedade atual da música nas escolas. Foram trabalhados vários ritmos, as qualidades do som, o eco, entre outros temas como a sustentabilidade, a alimentação saudável e os animais.

4 Desenrolando a Língua – Anna Ly

Este projeto visa ampliar o acesso das crianças às raízes de sua língua falada e de sua cultura musical. Anna Ly compõe uma lúdica narrativa das origens da língua falada no Brasil, que é oficialmente nomeada de “Língua Portuguesa” em sua remota matriz latina e grega, mas que adquire autonomia de “Língua Brasileira” ao incorporar expressões dos idiomas ameríndios e dos diversos troncos linguísticos africanos, além de estrangeirismos definitivamente agregados ao nosso vocabulário popular. Toda essa história é conduzida com a clara intenção de demonstrar, em formato didático e interativo, que a língua de um povo está sempre em movimento, transformando-se em sintonia com o tempo, o espaço e o quadro social.

Projeto Gráfico Especial (Livro-CD)

5 Música para Crianças – Ciranda Cultural
“um passeio pelos movimentos, autores, diretores e instrumentos mais importantes da história da música”

6 Inicialização musical – Atelier musical Enny Parejo

  • Filosofia de trabalho
  • Atividades corporais preparatórias
  • Sensibilização à escuta musical
  • Jogos espaciais para conscientizar som e silêncio
  • Jogos de escuta musical e locomoção expressiva
  • Trabalho do movimento expressivo
  • Percepção de forma e elementos da estrutura musical
  • Percepção de parâmetros sonoros

http://www.patriciaquintiere.com/ennyparejo/materiais.html

Projeto Música / Fazendo Instrumento Musicais

http://www.google.com.br/cse?cx=partner-pub-7764762035163192%3Aen6nmdcyypk&ie=ISO-8859-1&q=projeto+m%C3%BAsica&sa=Pesquisar&siteurl=lojaideiacriativa.blogspot.com%2F&ref=#gsc.tab=0&gsc.q=projeto%20musica

Orquestra Fabulosa – Jogo online

http://www.neteducacao.com.br/laboratorio-multimidia/jogos/orquestra-fabulosa

Música para 1º e 2º anos

Neste roteiro, o passo a passo para iniciar a formação musical das crianças no 1º e no 2º ano do Ensino Fundamental.

http://revistaescola.abril.com.br/fundamental-1/musica-1o-2o-anos-640283.shtml

Textos de apoio:

Violeta Hemsy de Gainza fala sobre Educação musical

“Não basta ser músico para ensinar música. É preciso entender de Educação”

http://revistaescola.abril.com.br/arte/pratica-pedagogica/violeta-hemsy-gainza-fala-educacao-musical-627226.shtml

Como aproximar a cultura latino-americana da música na escola?

http://revistaescola.abril.com.br/arte/pratica-pedagogica/violeta-hemsy-gainza-fala-educacao-musical-627226.shtml?page=1

Então, professores de música precisam necessariamente ser músicos?

http://revistaescola.abril.com.br/arte/pratica-pedagogica/violeta-hemsy-gainza-fala-educacao-musical-627226.shtml?page=2

O que é Eutonia?

http://www.eutonia.org.br/textos/oquee.htm

Este post foi publicado a segunda-feira, junho 7th, 2010 no 18:17 e categorizado em 1. Pode seguir os comentários deste post através do seu feed RSS 2.0. Você pode ir até o fim e deixar uma resposta. Pings não estão sendo aceitos.

11 Respostas

  1. Yasmin Mazzeo Diz:

    I hope you find this insight to be valuable in your quest.

    setembro 16th, 2010
  2. Jesus Fiacco Diz:

    I like your way of writing! You should post more often…

    setembro 22nd, 2010
  3. JOSE WELLETON CARVALHO SILVA Diz:

    NA VERDADE ACHEI ALTAMENTE PRODUTIVO O CONTEUDO DO SITE. LEMBROS QUE PARA A MAIORIA DAS ESCOLAS BRASILEIRAS, PRINCIPALMENTE, PARA AS DO INTERIOR DO PAIS E, EM ESPECIAL, DAS REGIÕES NORTE E NORDESTE, SERÁ UM GIGANTESCO DESAFIO. MESMO RESPEITANDO E VALORIZANDO OS GRANDE POTENCIAIS QUE ENCONTRAMOS às VEZES DESVALORIZADOS.
    RESSALTANDO O POTENCIAL E A MUSICALIDADE DO POVO BRASILEIRO, DEFENDO A IDEIA DE QUE CONSEGUIREMOS IMPLANTAR, CADA MUNICIPIO COM SUA PROPRIA DINAMICA, MAS CONSEGUIRESMOS.
    AO SITE, PARABENS…
    A ABORDAGEM FOI EXCELENTE E A COOPERAÇAO FORNECENCO LINKS ENDEREÇOS DE MATERIAS FOI UMA OTIMA ATITUDE.
    PARABENS.

    dezembro 9th, 2010
  4. Marilu Tsukamoto Diz:

    Nice article, i love your article for beginners. Thanks

    dezembro 24th, 2010
  5. Yevette Irish Diz:

    Wow! Thank you. I always wanted to write in my site something like that. Can I take part of your post to my blog?

    abril 12th, 2011
  6. Best Automatic Cat Litter Box Reviews Diz:

    Betty,

    março 18th, 2012
  7. Galvanised Gates Diz:

    Hi, this is a well written post. I just bookmarked your site. To be truthful, although I read a lot in this area. I still picked up quite a lot today. Kindly continue the amazingly good post and I will tell my friends about it.

    março 21st, 2012
  8. Advanced Option Strategy Screening and Analysis Diz:

    There may be noticeably a bundle to learn about this. I assume you made certain nice factors in options also.

    março 22nd, 2012
  9. party supplies Diz:

    Best article ive read so far today thanks for the post

    março 27th, 2012
  10. singles dating Diz:

    Spot on with this write-up, I truly think this website needs much more consideration. I’ll probably be again to read much more, thanks for that info.

    abril 7th, 2012
  11. Cattle Feed Equipment Diz:

    There are some interesting points in time in this article but I don’t know if I see all of them center to heart. There is some validity but I will take hold opinion until I look into it further. Good article , thanks and we want more! Added to FeedBurner as well

    abril 26th, 2012

Comentar